EUGÊNIO JOÃO ANDRZEJEWSKI / Despachante de Trânsito em Guarani das Missões:

 

Em 1982, mesmo ano de criação do Sindicato dos Despachantes do RS, o Senhor Eugênio iniciou na atividade de despachante de trânsito na cidade de Guarani das Missões.
No início da atividade, contou o auxílio de um irmão que o ajudava durante meio período do dia, realizando atendimento de telefone e também no balcão, quando as pessoas dirigiam-se até o escritório. Como nesta época o escritório, também, realizava serviços de contabilidade, a parte de serviços de despachante, era realizada somente pelo senhor Eugênio. Hoje em dia, precisa contar com a colaboração de sua esposa, para a realização destes serviços.

Na atividade de despachante, os processos relativos a documentos de veículos, eram encaminhados na antiga Ciretran, na Delegacia de Polícia. Nesta época, a parte dos serviços de despachante, era a atividade principal em seu escritório.

“Comenta, o Senhor Eugênio, como um fato positivo, o de que já passados mais de 15 anos da implantação da autarquia Detran, os despachantes continuam o seu curso de trabalho, mesmo com todos os percalços enfrentados; Este comentário é por conta de que diziam, nesta época que os despachantes seriam dispensáveis, ou seja, iriam acabar.”

Na opinião do Senhor Eugênio, neste período da mudança para o novo Detran, a participação do Sindicato, foi crucial para a continuidade do trabalho dos despachantes. Por estar localizado no interior do estado e não ter condições de acompanhar todas as reuniões, na capital, sua participação junto ao Sindicato sempre foi no sentido de somar forças para que o despachante de trânsito continue sua batalha do dia-a-dia.   

Hoje, mais do que nunca, o despachante precisa estar sempre atualizado para prestar as informações e serviços a que for solicitado.

Aos futuros despachantes, indica que tenham persistência. Assim, é possível  almejar o sucesso.

Novembro/2012