JURANDY CHIAPPIN – Despachante de Trânsito em Caxias do Sul.

 

Nascido em 27 de julho, coincidentemente, no “Dia do Despachante”, este caxiense de 76 anos, iniciou na atividade profissional, em sua cidade natal, em 01 de julho de 1950, tempo este em que os veículos eram identificados com placas de seis números e os impostos eram pagos através de selos estaduais que eram adquiridos na coletoria estadual, depois vieram as placas de duas letras e quatro números e se recolhia a TRU (Taxa Rodoviária Única) no qual era preenchido, por datilografia, um formulário com todos os dados do veiculo e do proprietário.
Como muitos, iniciou na atividade como funcionário de um escritório de despachante no qual trabalhou até o ano de 1960. A experiência aliada a necessidade e o total apoio da família, foram motivadores para que Jurandy inicia-se em seu próprio escritório, a partir de então.

Perguntado sobre o quanto foi importante, em sua vida, exercer esta atividade profissional,  o senhor Jurandy responde que “Foi  muito importante e gratificante, pois através desta profissão, constitui família, consegui formar meus filhos na Faculdade,  adquiri imóveis, contratei funcionários que com seus salários sustentaram seus familiares, e, além de tudo, formei um expressivo numero de amigos”. Um fato marcante e que muito o sensibiliza é saber que os clientes de hoje, são filhos e netos de seus primeiros clientes.

Muitos funcionários, que trabalharam com o senhor Jurandy, tornaram-se proprietários de escritórios de despachante, com sua ajuda e incentivo; Outros se tornaram engenheiros ou advogados. Ainda hoje, muitos retornam ao seu escritório para visitá-lo, trazendo seus filhos e relembrando de seus trabalhos no qual se orgulham de terem exercido.
Jurandy Chiappin foi um dos idealizadores da Associação dos Despachantes de Caxias do Sul  e consequentemente do Sindicato. Participativo enquanto associado, lembra-se da luta pela legalização da  profissão, e de todos os movimentos em prol dos despachantes na implantação do novo Detran. Em sua opinião, o Sindicato é impactante junto à categoria, uma vez que representa a todos, defendendo-os no exercício correto de sua atividade profissional e  buscando melhorias para qualificação.

Persistência e Honestidade é o que recomenda o senhor Jurandy, aos novos e futuros despachantes.

Após 62 anos trabalhando como despachante, o  Senhor Jurandy hoje não atua mais como titular , mas seu escritório conhecido como  DESPACHANTE CHIAPPIN, continua atuante junto a comunidade caxiense e lá, ele será sempre encontrado.

Julho/2012